sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

A Morte



Não tenha medo da morte
Quando seu dia chegar,
Que a fé lhe dê o suporte
Para o Senhor encontrar.

A esperança renove
A paz do seu coração,
Lembrando que Deus se move
De amor e compaixão.

Receba Dele o abraço
Na rima desse compasso,
Nas notas de uma canção,

E apenas ouça e escute:
“Está na hora, desfrute
O tempo da Salvação”.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

Acesse também:

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Fraternidade



Quando rezares "Pai Nosso",
Nunca te esqueças, então,
Que Deus também é meu Pai,
E que eu sou teu irmão.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

Acesse também:

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Reflexões



Acolha o que você não escolheu,
e seu coração estará pacificado.
Aprenda que toda perda gera dor,
mas nem toda dor é fruto de perdas:
doem de maneira diferente.
Exercite-se na renúncia de si mesma
e você verá interiormente
o que nunca foi capaz de ver.
Sonhe seus sonhos
e os regue com suas lágrimas.
Nenhuma lágrima é estéril
quando brota do coração.
E se depois de tudo não conseguir,
não desista.
O mérito do vencedor consiste
na suplantação de suas quedas.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Justiça



Falam que a justiça é cega,
Acredite se quiser!
Todo instante ela vê pobre,
Só vê rico quando quer.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Acaso



Eu simplesmente não creio no acaso
Porque pra tudo há uma explicação.
O executivo que agiu com descaso
Espatifou-se numa contra mão.

A anciã não usa a passarela,
E desatenta cruza a avenida.
Vem uma moto – pufo! – a atropela,
E ali mesmo ela perdeu a vida.

Falam: “Foi Deus que permitiu assim.”
Já outros falam: “Como Deus é ruim
Levando quem a gente amava tanto!”

Mas por favor, me tirem Deus da história,
Ele é Senhor da Vida e da Vitória,
E a liberdade é nossa, como o pranto.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Náufrago



Se as águas correm pro rio
E os rios correm pro mar,
Eu corro para os teus braços
Onde posso naufragar.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Abraços



No espaço dos meus braços
Teus abraços me contêm,
E me prendem, e me apertam,
E me calam.
E eu não resisto nem desisto
Do teu carinho,
Ao mesmo tempo
Em que contenho o teu amor
Que me contém,
Enquanto a vida encanta
E canta quando você vem.

Paz e Luz
Antonio Luiz Macêdo

Leia mais artigos do autor:

A Morte

Não tenha medo da morte Quando seu dia chegar, Que a fé lhe dê o suporte Para o Senhor encontrar. A esperança renove ...